Do pau e da prisão

(sem título)

A mulher que goza

que ri

que não se prende às regras monógamas

monótonas

mexe com os brios do macho que

precisa controlar

violar

organizar a pau

a ódio

tudo que é livre

que voa

que pula.

 

Simone Alegre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s