Fome

Sua boca me toca, me saúda, tenta me engolir.

E eu sou devorada com amor, paixão e uma pitada de ternura.

As línguas se tocam e minha fome de você aumenta, dobra de tamanho.

Nossa fome de amor não se sacia.

 

Tamires Avelã

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s